Tempo de MulherTempo de MulherCadastre-se
http://estilo.br.msn.com/tempodemulher
Por Madson Moraes, http://estilo.br.msn.com/tempodemulher

Cirurgias plásticas gratuitas pelo SUS

O SUS garante ao cidadão o direito à cirurgia plástica, mas é realizada em casos reparadores onde o paciente necessita daquela cirurgia para viver normalmente.


Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?

Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?

As cirurgias plásticas têm se tornado cada vez mais comum principalmente para as mulheres. Muitas nunca estão satisfeitas com seu corpo. Umas não gostam do nariz, outras querem ter uma cinturinha mais definida, outras gostariam de colocar silicone nos seios. Mas existem casos que os problemas não são de ajustes estéticos, mas físicos. E atrapalham a qualidade de vida. Dessa forma, precisam ser corrigidos com cirurgias reparadoras.

O problema é que cirurgias assim costumam ter um custo altíssimo e cadê a grana nessa hora? O jeito, então, é recorrer ao SUS (Sistema Único de Saúde). Mas será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?

Segundo uma pesquisa encomendada pela SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica) e divulgada em 2009, no Brasil, de cada 100 pessoas que recorrem à cirurgia plástica pelo SUS, 80% delas são cirurgias reparadoras e 20% são estéticas. Já nos consultórios privados, a realidade é o inverso: 73% das cirurgias são estéticas e 23% reparadoras.

Reparadoras e estéticas

O SUS garante ao cidadão o direito à cirurgia plástica, mas é apenas realizada em casos reparadores, ou seja, em casos onde o paciente necessita dela para viver normalmente. Mudar o nariz apenas porque você acha feio, por exemplo, não justifica a cirurgia como ação de saúde pública.

Segundo o presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), Carlos Alberto Komatsu, os casos frequentes que o SUS atende são para reconstrução mamária após remoção do seio com câncer, crianças com labio leporino, queimaduras que levaram a deformações, abdominoplastia (a cirurgia plástica que reduz a barriga e afina a cintura ao remover o excesso de pele e gordura no abdômen) para remoção de excesso de pele após cirurgia do estômago e deficiência ou deformidades no rosto.

Se você se encaixa nos critérios acima, o ideal é procurar a Secretaria Municipal de Saúde da sua cidade e conhecer os estabelecimentos de saúde locais que integram o SUS. O que pode acontecer é que os procedimentos variam de região para região.

Filas? Sim, existem

Segundo o presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), Carlos Alberto Komatsu, depende da urgência. "Um exemplo: a pessoa teve um acidente de carro. Acidente de carro pequeno vai para um ambulatório pequeno. Se for o caso, bate um raio-X e vai embora. Quando é uma batida grande e o sujeito precisar de cuidados, vai para um hospital grande. Normalmente, nesse local, na mesma hora se faz todo o procedimento. Ele já vai para um caminho mais ou menos direcionado", afirma.

Filas? Sim, elas infelizmente existem. Segundo a experiência do doutor Komatsu, que é especialista em reconstrução mamária, a fila é enorme e, dependendo da doença, pode variar de três meses a um ano. "São dois os grandes grupos que mais procuram para cirurgias pelo SUS: os de reconstrução mamária e os que reduzem o estômago. Sabe aquela pessoa que perde 100 quilos e fica com excessos de pele para lá e para cá? A fila para eles é gigantesca. O cirurgião que opera o estômago opera uma vez só. Só que a gente que opera esse tipo de paciente tem que operar a barriga, a mama, o braço e isso gera, pelo menos, umas quatro ou cinco cirurgias. É complicado", explica o especialista.

Só no Estado de São Paulo, com registro no Cadastro Nacional de Entidades de Saúde (CNES), são 927 hospitais e, de janeiro a junho de 2011, foram realizadas 6.105 cirurgias plásticas reparadoras. Já no Rio de Janeiro são 251 hospitais que realizam o procedimento. O contraste com outros Estados fica evidente quando pegamos o Acre e vemos que o número é bem menor: são 14 as unidades hospitalares para cirurgia plástica reparadora. Os dados são do Ministério da Saúde.

Você também pode procurar hospitais universitários e entidades ligadas a projetos de saúde e verificar se é possível realizar, nesses locais, a cirurgia plástica que pode mudar a sua vida.

8Comentários
18/set/2013 16:11
20/fev/2014 15:54
avatar
já fui avaliada por um cirurgião que devo fazer Lifting Facial  e Bleforoplastia Superior e Inferior e preenchimentocom enxerto de gordura em Sulco Nasogeniaro e Lábios com retirada de Sinal em Sulco Nasogeniaro Direito.
15/ago/2013 17:34
avatar
Fiz uma mamoplastia ano passado na Master health aqui em São Paulo e recomendo a clínica. Todos os profissionais foram atenciosos e esclarecedores em todas as dúvidas.
5/nov/2013 16:17
avatar
boa tarde !!!!!!!!!!! gostaria de fazer cirurgia para diminuir os labios como faço
31/dez/2013 08:57
avatar

Eu ................!

fis uma cirugia pelo o antigo INPS   assasinaro a minha  barriga sem direito a cirugia reparadora

Se eu recorer , sera que consigo a correcao~?

20/out/2013 20:04
avatar
eu gostaria de faser redusao de estomago tenho 115k esto desisperada
31/mar/2014 12:21
20/out/2013 20:02
avatar
gostaria de faser abnoplastia pelo sus  tenho 115 k esto desperada 
Reportar
Ajude-nos a manter uma comunidade saudável e vibrante relatando qualquer comportamento ilegal ou inadequado. Se você acredita que uma mensagem viola o Código de CondutaUse este formulário para mandar uma notificação aos moderadores. Eles vão investigar sua denúncia e tomar as ações apropriadas. Se necessário, eles podem inclusive reportar atividades ilegais para as autoridades competentes.
Categorias
Limite de 100 caracteres
Are you sure you want to delete this comment?

vídeos

MSN Brasil no Facebook

para cimapara baixo
Cirurgias plásticas gratuitas pelo SUSO SUS garante ao cidadão o direito à cirurgia plástica, mas é realizada em casos reparadores onde o paciente necessita daquela cirurgia para viver normalmente.Madson Moraeshttp://estilo.br.msn.com/tempodemulherhttp://estilo.br.msn.com/tempodemulher2012-01-31T19:28:252012-01-31T19:28:25Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?As cirurgias plásticas têm se tornado cada vez mais comum principalmente para as mulheres. Muitas nunca estão satisfeitas com seu corpo. Umas não gostam do nariz, outras querem ter uma cinturinha mais definida, outras gostariam de colocar silicone nos seios. Mas existem casos que os problemas não são de ajustes estéticos, mas físicos. E atrapalham a qualidade de vida. Dessa forma, precisam ser corrigidos com cirurgias reparadoras.O problema é que cirurgias assim costumam ter um custo altíssimo e cadê a grana nessa hora? O jeito, então, é recorrer ao SUS (Sistema Único de Saúde). Mas será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Segundo uma pesquisa encomendada pela SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica) e divulgada em 2009, no Brasil, de cada 100 pessoas que recorrem à cirurgia plástica pelo SUS, 80% delas são cirurgias reparadoras e 20% são estéticas. Já nos consultórios privados, a realidade é o inverso: 73% das cirurgias são estéticas e 23% reparadoras.Reparadoras e estéticasO SUS garante ao cidadão o direito à cirurgia plástica, mas é apenas realizada em casos reparadores, ou seja, em casos onde o paciente necessita dela para viver normalmente. Mudar o nariz apenas porque você acha feio, por exemplo, não justifica a cirurgia como ação de saúde pública.Segundo o presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), Carlos Alberto Komatsu, os casos frequentes que o SUS atende são para reconstrução mamária após remoção do seio com câncer, crianças com labio leporino, queimaduras que levaram a deformações, abdominoplastia (a cirurgia plástica que reduz a barriga e afina a cintura ao remover o excesso de pele e gordura no abdômen) para remoção de excesso de pele após cirurgia do estômago e deficiência ou deformidades no rosto.Se você se encaixa nos critérios acima, o ideal é procurar a Secretaria Municipal de Saúde da sua cidade e conhecer os estabelecimentos de saúde locais que integram o SUS. O que pode acontecer é que os procedimentos variam de região para região.Filas? Sim, existemSegundo o presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), Carlos Alberto Komatsu, depende da urgência. "Um exemplo: a pessoa teve um acidente de carro. Acidente de carro pequeno vai para um ambulatório pequeno. Se for o caso, bate um raio-X e vai embora. Quando é uma batida grande e o sujeito precisar de cuidados, vai para um hospital grande. Normalmente, nesse local, na mesma hora se faz todo o procedimento. Ele já vai para um caminho mais ou menos direcionado", afirma.Filas? Sim, elas infelizmente existem. Segundo a experiência do doutor Komatsu, que é especialista em reconstrução mamária, a fila é enorme e, dependendo da doença, pode variar de três meses a um ano. "São dois os grandes grupos que mais procuram para cirurgias pelo SUS: os de reconstrução mamária e os que reduzem o estômago. Sabe aquela pessoa que perde 100 quilos e fica com excessos de pele para lá e para cá? A fila para eles é gigantesca. O cirurgião que opera o estômago opera uma vez só. Só que a gente que opera esse tipo de paciente tem que operar a barriga, a mama, o braço e isso gera, pelo menos, umas quatro ou cinco cirurgias. É complicado", explica o especialista.Só no Estado de São Paulo, com registro no Cadastro Nacional de Entidades de Saúde (CNES), são 927 hospitais e, de janeiro a junho de 2011, foram realizadas 6.105 cirurgias plásticas reparadoras. Já no Rio de Janeiro são 251 hospitais que realizam o procedimento. O contraste com outros Estados fica evidente quando pegamos o Acre e vemos que o número é bem menor: são 14 as unidades hospitalares para cirurgia plástica reparadora. Os dados são do Ministério da Saúde.Você também pode procurar hospitais universitários e entidades ligadas a projetos de saúde e verificar se é possível realizar, nesses locais, a cirurgia plástica que pode mudar a sua vida.seo_keywordstratamentosSerá que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?

Você já viu?

  • Superlua

    Noite de 2ª registrou o fenômeno natural que ocorre com alinhamento entre Sol, Terra e Lua

  • Miss Bumbum

    Candidatas do badalado concurso desfilaram por um aeroporto de SP para pedir votos; confira

  • Lutas

    Ana Paula Minerato, capa de agosto da Sexy, será ring girl do Jungle Fight 73; confira as fotos

  • Cães

    Conheça novo cachorro da cantora Miley Cyrus; animal é da raça Rough Collie e se chama 'Emu'

  • Facekini

    Na China, banhistas aderem à máscara que cobre todo o rosto para se proteger do sol; fotos

Cirurgias plásticas gratuitas pelo SUSO SUS garante ao cidadão o direito à cirurgia plástica, mas é realizada em casos reparadores onde o paciente necessita daquela cirurgia para viver normalmente.Madson Moraeshttp://estilo.br.msn.com/tempodemulherhttp://estilo.br.msn.com/tempodemulher2012-01-31T19:28:252012-01-31T19:28:25Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?As cirurgias plásticas têm se tornado cada vez mais comum principalmente para as mulheres. Muitas nunca estão satisfeitas com seu corpo. Umas não gostam do nariz, outras querem ter uma cinturinha mais definida, outras gostariam de colocar silicone nos seios. Mas existem casos que os problemas não são de ajustes estéticos, mas físicos. E atrapalham a qualidade de vida. Dessa forma, precisam ser corrigidos com cirurgias reparadoras.O problema é que cirurgias assim costumam ter um custo altíssimo e cadê a grana nessa hora? O jeito, então, é recorrer ao SUS (Sistema Único de Saúde). Mas será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Segundo uma pesquisa encomendada pela SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica) e divulgada em 2009, no Brasil, de cada 100 pessoas que recorrem à cirurgia plástica pelo SUS, 80% delas são cirurgias reparadoras e 20% são estéticas. Já nos consultórios privados, a realidade é o inverso: 73% das cirurgias são estéticas e 23% reparadoras.Reparadoras e estéticasO SUS garante ao cidadão o direito à cirurgia plástica, mas é apenas realizada em casos reparadores, ou seja, em casos onde o paciente necessita dela para viver normalmente. Mudar o nariz apenas porque você acha feio, por exemplo, não justifica a cirurgia como ação de saúde pública.Segundo o presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), Carlos Alberto Komatsu, os casos frequentes que o SUS atende são para reconstrução mamária após remoção do seio com câncer, crianças com labio leporino, queimaduras que levaram a deformações, abdominoplastia (a cirurgia plástica que reduz a barriga e afina a cintura ao remover o excesso de pele e gordura no abdômen) para remoção de excesso de pele após cirurgia do estômago e deficiência ou deformidades no rosto.Se você se encaixa nos critérios acima, o ideal é procurar a Secretaria Municipal de Saúde da sua cidade e conhecer os estabelecimentos de saúde locais que integram o SUS. O que pode acontecer é que os procedimentos variam de região para região.Filas? Sim, existemSegundo o presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), Carlos Alberto Komatsu, depende da urgência. "Um exemplo: a pessoa teve um acidente de carro. Acidente de carro pequeno vai para um ambulatório pequeno. Se for o caso, bate um raio-X e vai embora. Quando é uma batida grande e o sujeito precisar de cuidados, vai para um hospital grande. Normalmente, nesse local, na mesma hora se faz todo o procedimento. Ele já vai para um caminho mais ou menos direcionado", afirma.Filas? Sim, elas infelizmente existem. Segundo a experiência do doutor Komatsu, que é especialista em reconstrução mamária, a fila é enorme e, dependendo da doença, pode variar de três meses a um ano. "São dois os grandes grupos que mais procuram para cirurgias pelo SUS: os de reconstrução mamária e os que reduzem o estômago. Sabe aquela pessoa que perde 100 quilos e fica com excessos de pele para lá e para cá? A fila para eles é gigantesca. O cirurgião que opera o estômago opera uma vez só. Só que a gente que opera esse tipo de paciente tem que operar a barriga, a mama, o braço e isso gera, pelo menos, umas quatro ou cinco cirurgias. É complicado", explica o especialista.Só no Estado de São Paulo, com registro no Cadastro Nacional de Entidades de Saúde (CNES), são 927 hospitais e, de janeiro a junho de 2011, foram realizadas 6.105 cirurgias plásticas reparadoras. Já no Rio de Janeiro são 251 hospitais que realizam o procedimento. O contraste com outros Estados fica evidente quando pegamos o Acre e vemos que o número é bem menor: são 14 as unidades hospitalares para cirurgia plástica reparadora. Os dados são do Ministério da Saúde.Você também pode procurar hospitais universitários e entidades ligadas a projetos de saúde e verificar se é possível realizar, nesses locais, a cirurgia plástica que pode mudar a sua vida.seo_keywordstratamentosSerá que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?Será que dá para fazer uma cirurgia plástica pelo SUS? Em quais casos ele atende?