Tempo de MulherTempo de MulherCadastre-se
Tempo de Mulher
Por Madson Moraes, Tempo de Mulher

Como os pais podem e devem lidar com o namoro dos filhos?

Pai e mãe descobrem que os filhos começaram a namorar. E agora? Como eles podem se posicionar sobre o namoro dos filhos sem parecerem chatos ou autoritários? Psicólogos opinam sobre o tema, confira!


Como os pais podem e devem lidar com o namoro dos filhos? / Foto: Thinkstock

Como os pais podem e devem lidar com o namoro dos filhos? / Foto: Thinkstock

Por MADSON MORAES

Pai e mãe descobrem que os filhos começaram a namorar. E agora? Como eles devem lidar com o namoro dos filhos? Qual a melhor forma de se posicionar sobre o namoro sem parecerem chatos ou autoritários? É importante explicar as diferenças sobre 'ficar' e namorar? Caio Feijó é Mestre em Psicologia da Infância e da Adolescência e autor de livros sobre o tema, como "Pais competentes, filhos brilhantes", "Preparando alunos para a vida" e "Os 10 erros que os pais cometem". Segundo ele, o comportamento dos pais estará diretamente associado tanto à segurança do casal quanto à qualidade da educação dada.

"Pais presentes, participativos e que sempre deram supervisão aos filhos os conhecem muito bem e possuem uma sintonia que suscita segurança. No entanto, pais ausentes costumam ser mais inseguros sobre o seu posicionamento quando os filhos começam a namorar porque não os conhecem suficientemente. Muitas vezes nem sabem quem são seus amigos e preferências. Isso provoca alguns comportamentos invasivos que causam conflitos", avalia Caio.

A psicóloga infantil e de adolescentes Renata P. Yamasaki, psicopedagoga com especialização em orientação familiar e orientação de pais, ressalta que essa ausência da comunicação ou de diálogo entre pais e filhos traz dificuldades para os jovens exporem seus sentimentos, problemas e necessidades. "Os jovens necessitam encontrar um espaço onde eles possam ser ouvidos, acolhidos e entendidos durante a 'fase' da adolescência, estabelecendo-se assim uma relação de confiança mútua. Principalmente hoje em que estamos numa sociedade individualista e egocêntrica", opina Renata.

Na avaliação da psicóloga clínica e psicoterapeuta Triana Portal, que atende adultos e crianças em seu consultório há 15 anos, os pais devem agir sim com naturalidade ao aceitar o namoro dos filhos, mas sem abrir mão da atenção. "Essa aceitação deve estar dentro dos parâmetros convencionados de idade, maturidade e limites dialogados entre pais e filhos. É importante conversar sobre implicações, consequências e valores", defende Triana.

E qual pai ou mãe não fica temeroso ao saber de supetão do namoro do filho ou filha? As perguntas nesse cenário são muitas. Há idade ideal para nossos filhos começarem a namorar? Em que cenários devemos ser enérgicos ao proibir determinado namoro que não consideramos saudáveis a eles? Que atitudes devemos ter ao descobrirem um namoro escondido dos filhos? Pedimos, então, aos três psicólogos para responderem essas e outras questões que envolvem o tema namoro dos filhos.

VEJA AQUI AS DICAS DOS PSICÓLOGOS PARA VOCÊ LIDAR COM O NAMORO DO SEU FILHO!

Já curtiu a FANPAGE da Ana Paula Padrão no Facebook? Clique AQUI

Siga o Tempo de Mulher nas redes sociais:Facebook / Twitter

0Comentários

vídeos

MSN Brasil no Facebook

para cimapara baixo

msn fotos

Você usaria estes sapatos bizarros?(©Reuters/Rex Features)
Você usaria estes sapatos bizarros?

Você já viu?

  • Profissão perigo

    Limpadores de janelas arriscam suas vidas trabalhando nas alturas

  • Cena quente

    Casal de atores de 'Império' abusa da sensualidade

  • Nova musa do UFC

    Felice Herrig faz ensaio sensual antes de estreia no octógono

  • Moda das ruas

    Veja como estilistas têm se inspirado nos looks da população anônima

  • Pintura tecnológica

    Aquarelas animadas em 3D de Aaron Becker são espetaculares; conheça

Shopping