www.personare.com.br (© Copyright (c) Personare. 2014, Todos os direitos reservados.)
Por Yubertson Miranda, www.personare.com.br

Cory Monteith buscava liberdade a qualquer preço



Cory Monteith buscava liberdade a qualquer preço

O ator Cory Monteith, morto no último sábado (13), vai deixar saudade nos fãs da série "Glee", na qual interpretava o personagem Finn Hudson. Pouco tempo depois do anúncio da tragédia, o assunto já era o mais comentado em todo o mundo no Twitter. Segundo a Numerologia, não por acaso o ator fez tanto sucesso nas telinhas. Ele possuía Número de Impressão 8, que sugere uma tendência à fama. Geralmente, quem tem esse simbolismo no Mapa Numerológico transmite uma imagem bem sucedida, impõe respeito e busca o reconhecimento social e profissional.

O ator também tinha Número de Motivação 5, que indica versatilidade, além de aversão a limitações, disciplina ou imposições. Possivelmente o desejo de Cory era simplesmente romper limites e, assim, poder experimentar os mais diversos tipos de situações. No entanto, esse lado voraz do número 5 é perigoso, pois tende aos excessos. Consequentemente, o risco de se envolver com algum tipo de vício é grande. E foi o que aconteceu na vida de Cory, que revelou ter começado a se envolver com drogas aos 13 anos, sendo internado pela primeira vez aos 19.

Em seu Mapa Numerológico, o desejo da liberdade a qualquer preço - fruto de seu Número de Motivação 5 - se choca com a necessidade de desenvolver um estilo de vida mais regrado, moderado e disciplinado, representado pela Lição Existencial e pelo Número de Expressão 4.

O simbolismo do número 5 indica vontade de experimentar a vida de forma muito intensa. Quanto mais rápido puder variar, procurar novos desafios ou estímulos, melhor. Em contrapartida, o número 4 pede mais cuidados com o corpo, tais como uma alimentação balanceada, disciplina nas atividades físicas e moderação no estilo de vida.

Fase que o ator vivia exigia cuidados com a saúde

O detalhe é que Cory, neste ano de 2013, vivia o Ano Pessoal 4. Mais do que nunca, a vida pedia mais cuidados com o seu corpo. Principalmente porque algum problema de saúde, inclusive crônico, poderia surgir ou ficar mais forte numa época simbolizada por esse número.

Nesta fase, existia a chance de alguma limitação corporal ser sentida de forma bem incômoda, como se algo travasse sua espontaneidade ou liberdade - o que vai contra o ímpeto aventureiro e elétrico do número 5 que o ator tinha na Motivação.

Neste ano, Cory Monteith vivia o Ano Pessoal 4 e no mês de julho estava no Trimestre Pessoal 6. Esses números simbolizam uma forte preocupação com o que representa uma estrutura em nossa vida: trabalho, saúde e profissão.

Portanto, o ator encontrava-se bastante voltado para estes temas. Num ciclo simbolizado pelo 6, o perfeccionismo é grande e pode ocorrer uma forte cobrança sobre si mesmo e os outros, para corresponderem a um ideal considerável de perfeição. Como resultado, podem surgir muitas brigas e até mesmo separações. Não por acaso tantos casais terminam relacionamentos quando passam por um Trimestre ou Ano Pessoal 6. Será que Cory vivia uma crise afetiva com Lea Michele?

Outra possibilidade é que a excessiva cobrança perfeccionista do 6 se dirigia para os assuntos relacionados à saúde e responsabilidades familiares e profissionais. No caso do ator, ao perceber que não conseguiria atingir esse ideal quanto ao seu estado físico, ele pode ter ficado bastante deprimido. Afinal, o Trimestre Pessoal 6 que Cory se encontrava indica uma tendência à decepção e à frustração, diante do que a realidade do dia a dia apresenta. E isso pode desencadear uma tristeza significativa e até mesmo um estado depressivo. Uma das reações para evitar o contato com essa dor e sofrimento costuma ser o envolvimento com as drogas.

Apesar do desfecho trágico de Cory Monteith, uma coisa é fato: a perda de um jovem talentoso e carismático abala e entristece. Ainda mais para os fãs de "Glee", que se encantaram com o trabalho realizado pelo ator.

Quer saber tendências do seu futuro amoroso? Clique aqui e descubra gratuitamente o que as cartas do Tarot revelam.

Sobre o autor

Yubertson Miranda

Yubertson Miranda

Yubertson Miranda é numerólogo, astrólogo e tarólogo. Formado em Filosofia. Ama encontrar significado nos eventos do dia-a-dia. É autor das análises numerológicas do Personare. Saiba mais »

  • O que esta carta revela?
  • Gentileza e elegância são as marcas dos librianos com ascendente em Virgem. Qual é a sua combinação?
  • Quer descobrir como as pessoas lhe vêem? Veja seu ascendente.
  • Escreva o nome da pessoa que você ama

MSN Brasil no Facebook

para cimapara baixo

msn fotos

Ataques de tubarões amedrontam (©Corbis)
Ataques de tubarões amedrontam